Não julgue o que está escrito aqui por "Bom" ou "Ruim"...
Não são só palavras... São sentimentos!

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Dia cheio

Ontem, tive um dia mega cheio.
Fui com a minha mãe assinar alguns documentos, ainda sobre a morte do meu pai.


A,i o cara do ministério do trabalho (onde eu tinha que assinar os documentos) começou a me elogiar demais, papo vai, papo vem, ele fala:
Homem-velho-chato-arrogante: você é casada ou solteira?
Pensamento da Akii: E o que vc tem haver com isso????
Akii: Nem um, nem outo. Sou meio enrolada. (dei uma risadinha e uma olha pra ver a reação do povo: o cara fez careta, a Contadora acho engraçado, e eu e minha mãe trocamos olhares cúmplices)
Homem-velho-chato-arrogante: Enrolada? É, hoje em dias as coisas são diferentes. Mas, isso não é muito certo!
Pensamento da Akii: E que é vc pra me dizer o que é certo ou não???
Contadora: Ah! Fulano de Tal, para de implicar, enrolado é tão bom... né? (e sorriu pra mim)
Ficou aquele clima estranho, porque a pergunta não tinha nada haver com o que estavamos falando e fazendo ali, por fim assinamos tudo...


Ai no busão de volta, eu com meu foninho ouvindo Black Sabbath, e My Chemical Romence no ultimo volume, minha mãe me cutuca e me oferece o fone dela pra que eu ouvisse uma musica da Paula Fernandes, (note a diferença de gosto musical), ai fiquei com um ouvido com as minhas musicas e o outro com as dela, musica vai, musica vem... de repente começa a toca "pássaro de fogo", a musica que eu mais amo - no momento - pq me faz lembrar da Kaede, a musica é perfeita para o momento que estamos vivendo e tal.
A abri o maior-sorriso-do-mundo, e olhei pra minha mãe.... e... tinha um moreno ao nosso lado, que aparentemente achou graça da minha reação, até ai tudo bem, devo ter pagado um mico daqueles... o detalhe é que depois disso ele não parou de me olhar. Ele até que era "bonitinho" (lê-se como: feio arrumadinho).
Fechei a cara. E não olhei mais para aquele lado... um tempão depois chegamos ao terminal, eu fui um das ultimas a descer do ônibus, quando dou de cara com o moreno-bonitinho parado me olhando descer. Ai ele sorriu, se virou e sumiu na multidão.
Como diz uma amiga minha "o problema de ser lady, é que a gente ganha mais olhadas e cantadas de homens do que de garotas".
Mas, confesso que meu ego subiu uns pontinhos...


Fui para fila do meu busão, para finalmente ir pra casa. Entrei na segunda fila, pq sou mega preguiçosa e prefiro esperar, a ter que ir em pé. Ai, olhando distraidamente para dentro do ônibus que estava parado, bem na minha frente, vi uma pessoas, sentada, que eu só conseguia ver o rosto:
1º pensamento: Uau! Que rapaz bonito! (sim, achei bonito, sou fiel, não cega!)
2º pensamento: Nossa, faz tanto tempo que não acho um homem bonito!
Ai notei que o "rapaz" estava olhando, com-olhos-famintos, para fila do lado, achei estranho pq aquele olhar eu não costumo ver em homens e resolvi procurar o que ele estava olhando, eis que na fila do lado, tinha uma hétero (sim ela estava com o namorado) muito gostosa, não gosto de lady e dificilmente acho mulherzinha bonita ou gostosa, mas aquela eu admito, era.
Voltei a olhar pro "rapaz", que analisava o resto da fila, e então me olhou. Foi ai que eu me toquei.
3º pensamento: Foi por isso que te achei bonito (aqui lê-se como gostoso). É lésbica.
 Continuei olhando e ela não desviou, não, ficamos nos encarando.
Ai ela mudou de posição, e ficou sentada, toda voltada pra mim, foi ai que ei vi o resto do corpo, vestida com roupas masculinas, cabelo mega curto, e cara de menina má. Uma legitima Butch.
Então, sobe no ônibus um atrasadinho, e entra bem na frente dela, ficando impossível de continuar olhando pra ela. Ela, começou a mudar de posição, tentando me ver. (foi engraçado, meu ego foi as alturas).
De repente, ela levanta, me encara e começa vir em direção a porta, e como eu estava na frente da porta, pareceu que vinha pra mim.
4º pensamento: Pronto, fudeu!
Ela desceu, veio em linha reta, até muito perto, deu um daquele sorrisos-safados, com o canto da boca (que só butchs sabem dar), virou pro lado e entrou em uma outra fila. E não vi mais.


Quando achei que as surpresas do dia tinham acabado, ouso a seguinte conversa, no busão:
Mulher-ao-meu-lado-com-voz-irritante: Eu acho as coisas do Paraguai muito baratas, queria um dia ir pra lá, fazer umas compras.
Outra-mulher: Ah, lá é legal, já fui lá.
Mulher-ao-meu-lado-com-voz-irritante: Eu nunca fui, sempre quis ir.
Outra-mulher: já morei lá perto, ia sempre.
Mulher-ao-meu-lado-com-voz-irritante: Nossa, sempre quis conhecer.
Outra-mulher: é legal.
Mulher-ao-meu-lado-com-voz-irritante: Nunca fui.
Outra mulher: as coisas são bem baratas.
Mulher-ao-meu-lado-com-voz-irritante: Eu nunca fui, sempre quis ir...


E continuaram nesse papo cabeça, até eu descer, +/- 30 minutos depois.


Pra fechar meu dia, com chave de ouro. Eu e a Kaede tivemos uma briga, e eu fiquei PUTONA DA VIDA.
Passamos o dia todo sem nos falar, e só nos acertamos (+/-), agora a noite.
Mas vai dar tudo certo.


Espero que tenham tido paciência para chegar até o fim do post.
Beijão


Akii

7 comentários:

  1. Amor, vou colocar uma plaquinha no seu pescoço dizendo que você é minha. E se continuar reparando nos outros meu lápis apontado da um jeito de te deixar cega rapidinho.

    Hm... eu preciso ir ao Paraguai depois dessa.
    Sobre nossa briga eu prefiro não comentar ;D
    Te amo

    ResponderExcluir
  2. rs seu dia é divertido !

    visita??
    Vlw.'

    Bjão

    ResponderExcluir
  3. Atenção, atenção. Uhum... EU TE AMO *.*

    ResponderExcluir
  4. Alguma pessoas dizem que eu não estou certa, que não sei o que eu sou e que não sei o que eu quero.
    Estão todos errados. Eu estou certa em seguir meu coração, eu sei o que eu sou... eu sou a sua mulher e sei o que eu quero... ficar junto de você.

    Te amo muito, nunca esqueça disso. Você é a minha vida, te amo namorada (futura esposa)

    ResponderExcluir
  5. Obrigada por todo o carinho!
    Estou aqui retribuindo a visitinha e tenho certeza que vou voltar sempre!
    Muito lindo o post do encontro de vocês. *-*
    Eu particulamente não vejo problema em ser lady; e coleciono olhares tanto de garotos como de garotas, para o desespero da minha namorada. Quem é que nunca brigou!? Já perdi as contas de quantas vezes nós já brigamos, mas fazer as pazes depois é TÃO bom! *-*

    A namorada.

    ResponderExcluir
  6. E ai Akii....adorei esse post....amei o relato do terminal de onibus....tbém adoro butch....ai ai...(suspiro profundo!) rsrs....obrigada pelo carinho de sempre nas suas visitinhas ao meu blog... e aquela história de que no final tudo dá certo é verdade....se ainda não deu certo é porque ainda não chegou ao final....bjos

    ResponderExcluir
  7. Meu deus do ceu, vai se foder!!!!!! Que conversa dentro do onibus hem!!! PUTA QUE O PARIU!!!

    ResponderExcluir


"Sou felizz e não admito que ninguém me acorde." (Martha Medeiros)

“Na vida, apenas uma coisa é certa, além da morte e dos impostos. Não importa o quanto você tente, não importa se são boas suas intenções, você cometerá erros. Você irá machucar pessoas. E se machucar” (Meredith Grey - Grey's Anatomy)