Não julgue o que está escrito aqui por "Bom" ou "Ruim"...
Não são só palavras... São sentimentos!

segunda-feira, 14 de março de 2011


“Eu sou uma mistura de paixões, dúvidas e desejos. Parece que estou sempre em um estado de desejo e raramente em um estado de contentamento.”
— The Sweet Far Thing - Libba Bray

sábado, 12 de março de 2011

Dia de Merda

Como diria a namorada: “hoje a macumba tá brava”.

Meu dia já começou dos avessos.
Vamos aos fatos ocorridos:


- Acordei mega atrasada!! Meu horário de acordar é as 5:00 (a Kaede sempre me liga essa hora), ai eu levanto as 5:30 me arrumo e vou trabalhar, meu turno começa as 7:00. Mas hoje, a namorada não ligou, o despertador não tocou e eu acordo com a minha mãe aos berros: AKIRA, VOCÊ NÃO VAI TRABALHAR GURIA, SÃO 6:45! LEVANTA... PORRA AKIRAAAAAAAAAAA, SÃO 6:45!
Nem preciso dizer que pulei da cama na hora.
Subi (isso mesmo, é uma subida até chegar ao serviço) me matando e cheguei 20 minutos atrasada.
Pra ajudar, adivinha só quem estava no turno antes do meu?: Minha Chéfinha!
Já ganhei uma bronca as 7:30 da manhã.


- Começou a me dar uma dor no rim (é eu não escrevi errado, é no rim mesmo, só dói o lado direito), e o remédio estava em casa. Portanto se a dor piorasse, eu teria que agonizar (notem o drama) até as 15:00, hora que eu saio.


- Passei a metade da manhã com soluço... pra quem não sabe, eu trabalho numa rádio Táxi, e o serviço basicamente é atender o telefone e passar a corrida pros motoristas pelo rádio. Agora me diz, como eu vou fazer isso com soluço???


- Ai na hora do almoço, minha avó (eu almoço com minha avó todos os dias) fez ovo! Não contei pra vocês, mas esses dias ela fez um treco com ovo, e o ovo ficou praticamente cru, e eu mordi aquilo... depois disso fiquei com trauma de ovo, não posso nem ver.


- A tarde eu e a Kaede brigamos por causa do meu ex (que eu não vejo faz quase um mês) e que agora somos só amigos, mas a namorada gosta de implicar.


- Não fui pra facul por causa da dor, e depois de deixar a Ayla (meu celular) no silencioso, porque não tava afim de continuar discutindo com a namorada, fui dormir. Ai meu pai chegou (ele só vem pra casa nos fins de semana) e começou a tocar o foda-se aqui. Foi um pequeno inferno.


- A noite no MSN, descubro que minha amiga que iria me vender um livro (que eu queria muito), vendeu pra uma outra pessoa. PORRA, ELA VENDEU O MEU LIVRO!

Mas, então, vou parando por aqui, porque é muita desgraça para um dia só, e eu vou dormir antes que mais alguma coisa aconteça!




Mega beijos a todos!
Akii.

segunda-feira, 7 de março de 2011

Enfim...

Atraiu-a mais perto e deixou que o sono o reclamasse de novo. Tinha levado um tempo, mas no fim a vida ia perfeitamante.
(Lora Leigh)



Por incrível que pareça, e superando todas as expectativas, a vida finalmente vai bem.

Depois que a Kae entrou na minha vida.
Foi como se um caleidoscópio de emoções, sensações e sentimentos tivesse me invadido.
E transformou o meu pequeno mundinho escuro e chuvoso, em um belo dia de verão.
Afastando todas as sombras e me aquecendo.
Sei que parece idiotice, ou coisa-melosa-de-gente-apaixonada.
Mas, repentinamente a vida vale apena.
Há um bom motivo pra acordar todos os dias.
E uma razão, pra passar o dia todo sorrindo.



Não, que eu não tenha tido alguns perrengues no último mês, a coisa ficou muito foda pro meu lado: deu problema com a minha matricula na facul, e eu fiquei durante três semanas sem ser oficialmente aluna e indo pelo menos duas vezes por semana no SIGA (é meio que, a secretaria da PUC), até que graças a Deus e a uma mega-Amiga que trabalha lá, deu tudo certo.


Minha mãe anda brava comigo, por causa da Kaede.
É que mamãe inda não lida muito bem com o FATO de eu ser bissexual, e toda vez que ela descobre que estou com uma garota ela dá pit, dessa vez ela não disse nada sobre a Kae, acho que ela meio que simpatiza, por que ela morra longe e minha mãe acha que não vai durar muito tempo. Ela anda brava por que eu chego em casa e vou pro quarto e fico conversando com a gata por skype ou pelo telefone (Deus abençoe quem inventou o Tim-infinit), ai minha mãe diz que depois que conheci a Kaede eu não socializo mais com a família, não converso mais com eles, não conto mais nada.

Mas vamos combinar uma coisa VOU CONTAR O QUE??, se o que eu quero falar sobre a namorada ela não quer ouvir. Ela já disse que não vai se meter nesses meus assuntos.


Ai pra ajudar, eu e a namorada brigamos feio no sábado, os motivos da briga foram: Jack e Djud (não são pessoas, e juro que vocês não vão querer saber quem são), meu ex, confiança, desconfiança, namorada chata, amor.
Juro que achei que era o fim, ela tinha terminado comigo, mas no domingo fizemos as pazes que novo, e Jack o grande motivo da briga virou assunto proibido, e aos poucos vamos superando o incidente.


Mas enfim...


Problemas a parte... eu estava com muita saudade de postar aqui, saudade de vocês, bons-amigos-desconhecidos, com quem eu divido os bons e maus momentos.

Beijos a todas e todos
Akii



"Sou felizz e não admito que ninguém me acorde." (Martha Medeiros)

“Na vida, apenas uma coisa é certa, além da morte e dos impostos. Não importa o quanto você tente, não importa se são boas suas intenções, você cometerá erros. Você irá machucar pessoas. E se machucar” (Meredith Grey - Grey's Anatomy)